Pacientes com síndrome gripal ou suspeita de coronavírus devem procurar Unidade Sentinela

A Secretaria Municipal de Saúde de Espigão do Oeste criou a Unidade Sentinela para atendimento exclusivo a pacientes com Síndrome Gripal ou sintomas de Covid-19. A Unidade está instalada onde funcionava o Materno Infantil, ou sala de vacina, aos fundos do hospital Municipal Angelina Georgetti, atendendo das 07:00 às 22:00 horas. Para informações os pacientes podem procurar a unidade através de atendimento telefônico pelo (69) 3912-8039 (Somente WhatsApp) ou (69) 99912-8820 (Somente ligações).

A síndrome gripal é uma doença que pode ter diferentes causas, entre elas, a infecção pelo vírus Influenza, Parainfluenza, Adenovírus ou Vírus Sincicial Respiratório podendo ser ocasionada também por bactérias. Tem como principais características a febre alta acompanhada de tosse, dor de garganta, dor de cabeça, dor no corpo e dor articular. Os sintomas geralmente duram 1 semana.

A Secretária de Saúde Luciana Araújo chama atenção da população espigãense que, em caso do aparecimento dos primeiros sintomas, procure por atendimento, não deixando a situação se agravar. Os sintomas são semelhantes ao apresentado pelo coronavírus, sendo de extrema importância iniciar um tratamento precoce, evitando qualquer agravamento e evitar que os pacientes cheguem a fase crítica da doença.

PRINCIPAIS CUIDADOS PARA EVITAR TRANSMISSÃO E CONTAMINAÇÃO:

  1. Usar sempre máscara protegendo boca e nariz;

  2. Lave as mãos frequentemente (quando não for possível, use álcool gel);

  3. Utilize lenços descartáveis;

  4. Evite levar as mãos à boca, nariz e olhos;

  5. Mantenha ambientes ventilados;

  6. Evite locais com aglomeração de pessoas;

  7. Ao espirrar ou tossir proteja o rosto com o braço ou cotovelo;

  8. Evite compartilhar objetos de uso pessoal: cuia e bomba de chimarrão, batom, talheres, copos, entre outros;

  9. Mantenha os ambientes higienizados com água e sabão;

  10. Objetos e superfícies podem ser higienizados com álcool gel;

  11. Se tiver sintomas, utilize o termômetro e anote a temperatura;

  12. Em contato com menores de seis meses: lave as mãos antes de manusear o bebê, evite dar beijos, principalmente nas mãos, não faça visitas se você estiver doente ou contato com pessoas doentes!

Fonte: Assessoria/Decom